A arte de toque na massoterapia

O toque do massagista é muito importante.

Tocar o corpo de uma pessoa é muito mais do que colocar a mão sobre um ser humano. É  algo muito mais profundo, sério, envolvente e é necessário ter muita responsabilidade. Nosso toque não é igual ao toque de outro profissional (médico, dentista, fisioterapeuta, etc.), nosso toque significa se integrar ao cliente de maneira tal que possamos nos envolver em seu campo áureo e receber desta alma, através de nossas mãos todas as informações necessárias para que a ajudemos a se curar.

Nosso toque não é curativo por princípio, mas o é por conseqüência, uma vez que nos integramos com o ser que estamos tocando, fazendo com que se sinta confortável, seguro e esperançoso. A cada dia, nesta vida moderna, o toque terapêutico se torna mais necessário, resgatando o abraço amigo, o colo dos pais, o aconchego do seio familiar.

A vida moderna trouxe a carência de toques amigos e supervalorizou o toque sensual, a sexualidade com liberdade trouxe a desconfiança no ato de tocar. A cada dia mais tristezas invade o coração humano e através da massagem podemos resgatar o prazer inocente da amizade e do toque curativo. Quantas vezes, quando criança nos machucamos e apenas uma passada de mão da mamãe ou do papai sobre o local dolorido, e a dor cessava. O toque terapêutico tem este poder de resgate.

O massoterapeuta trabalha nos músculos do corpo, mas antes de atingi-lo com seu toque ele entra em contato com o maior órgão do ser humano, a pele. Esta é muito sensível, pois esta repleta de sensores altamente capazes de perceber tudo a sua volta, por isso é muito importante que o profissional do toque tenha uma mente tranqüila, serena e que ame sua profissão, para que o cliente sinta confiança e tranqüilidade durante a massagem. Não saia apertando músculos, deixe a pele de seu cliente se acostumar com você, por isso nos treinamentos sempre recomendamos nunca tirar as mãos de seus clientes. Esta adaptação pode ser lenta. Na sua mente não deve ter apenas as técnicas que irá aplicar, mas o desejo sincero de ajudar.

É importante que o massoterapeuta se ame muito e tenha respeito a sua própria saúde, se estiver doente não atenda. Seja asseado, veja com esta seu cheiro corporal, seu hálito, suas unhas devem estar limpas, se é fumante, procure tirar o cheiro do cigarro de seus dedos. Tenho visto pessoas tocarem os pés do cliente e logo depois colocar as mãos no rosto, sem lavá-las. Os pés têm uma quantidade muito grande de bactérias, sempre os massageie por último, se não for possível, lave as mãos com álcool. Respeite a saúde de seu cliente.

É verdade que nossa profissão é muito rentável, mas será ainda maior se dedicarmos amor e atenção aos nossos clientes, tratando-os com ética e respeito. O respeito começa em si mesmo procurando sempre se atualizar e conhecer novas técnicas que somem as que já possuem.

A ARTE DO TOQUE é uma dádiva, é um dom que é dado a todos aqueles que querem ajudar outras pessoas, que tem amor e respeito pelo ser humano e que seja limpo de discriminação de todos os tipos, que nunca julgue, mas que compreenda e aceite que cada um de nós tem uma vida para cuidar e que temos cada um de nós, uma maneira de viver, que serve apenas para nós.

Rosenval de Sordi de Oliveira,

Acupunturista, massoterapeuta e terapeuta floral.

Rosenval.oliveira@terra.com.br

rosenvaldesordi@hotmail.com



    • O TOQUE TERAPEUTICO NA MASSOTERAPIA
    • o toque na massoterapia
    • MONTAR UMA CLINICA DE MASSOTERAPIA
    • profissão massoterapeuta
    • toque de massagem
    • o toque na massagem
    • como montar uma clinica de massagens
    • a arte da massoterapia
    • toque na massoterapia
    • como abrir uma clínica de massoterapia
    • Arte do Toque Massoterapia
    • a arte do toque

    • arte do toque
    • como montar uma clinica de massoterapia
    • artedotoque

  • 8 respostas a A arte de toque na massoterapia

    1. Roberta disse:

      Estou fazendo um curso técnico de massoterapia e tenho me identificado mt com o curso, estou me apaixonando mais e mais diariamente, e entrei aqui e amei a sua matéria.

      Você esta de parabéns!

      Procuro sempre ler muito sobre a massoterapia para esta bem informada quando eu começar a trabalhar na área,até porque mais tarde pretendo montar meu próprio negócio.

      Tenha um ótimo fim de semana.

      Roberta p.dos s. theodoro.

    2. T.B.Sampaio disse:

      Muito legal essa materia!

    3. Estamos com muita saudades da sua massagem e principalmente de você. Faz tempo que ando pensando em você. Comecei a fazer Yoga e tá bem difícil. Acho que você também sente minha falta, afinal eu sou um daqueles pacientes terríveis, um desafio para qualquer profissional.

      Abs

      Mario e Kiki

    4. Alexandre disse:

      Oi Nils! a massagem ajudou muito a liberar os músculos do tórax e aumentar em vários centímetros a expansão na expiração, que no meu caso estava muito bloqueada.

      A expansão ainda se mantém mas em breve quero dar uma passada para dar mais uma calibrada…

      Está muito legal o site Nils!

      Abraço!

    5. O II Simpósio de Saúde Quântica e Qualidade de Vida traz além do respeitado Físico indiano Amit Goswami, mais 19 cientistas com trabalhos mundialmente reconhecidos que apontam para um novo paradigma na Medicina.

      A Medicina Quântica traz a base científica da Física Quântica e Relativística para validar antigos e novos conhecimentos como a Acupuntura, Homeopatia, Reiki, Terapias Florais, Medicina Ayurvédica, Chinesa e Antropósófica entre outras.

      Esse Simpósio será uma oportunidade única de conhecer as revolucionárias tecnologias eletrônicas e humanas que apontam para uma nova Medicina capaz de olhar para o ser humano em todas as dimensões: Física , mental, emocional e espiritual.

      Acesse o site: http://www.saudequantum.com para fazer a inscrição antecipada com desconto e ganhar o DVD A Dimensão Quântica da Realidade de brinde, do Prof. Wallace Liimaa.

    6. derival disse:

      Olá alguem pode responder essas pergunta?

      Quais as diversas formas de atuação profissional, os desafios a serem enfrentados?

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>